Cantinho verde em casa

A falta de espaço não é desculpa para deixar de ter um jardim cheio de vida

 

Não há dúvidas de que as plantas enchem um ambiente de vida e ar puro. Mas dentro da realidade atual de imóveis com metragens reduzidas, o verde acaba ficando de fora do planejamento decorativo. A partir dessa necessidade, surgiram os jardins verticais, que permitem reunir, mesmo em um espaço pequeno, diversas espécies de plantas. O mercado oferece opções de objetos e soluções criativas para montar seu próprio jardim de forma simples e rápida. Confira abaixo algumas dicas para auxiliar na escolha das plantinhas e componentes apropriados:

 

  1. Local do plantio

Não há restrições quanto ao ambiente em que o jardim vertical será inserido. Salas, varandas, banheiros, cozinhas… o céu é o limite! A única preocupação deve ser com as espécies adequadas para cada espaço, dependendo a incidência de luz solar e umidade.

 

  1. Espécie adequada

Optar pelo tipo certo de planta é muito importante. Além disso, sua disponibilidade para cuidar da área verde também deve ser levada em consideração. Algumas precisam de luz solar constante e rega diária, enquanto outras, nem tanto. Assim, a seleção das plantas deve ser baseada no local em que elas serão cultivadas e no seu tempo disponível para tomar conta do jardim.

 

  1. De ganchos a prateleiras, qual a melhor escolha?

Vasos suspensos e tradicionais, floreiras, estantes, prateleiras, cachepôs, nichos, ganchos, suportes, grades, painéis, módulos… as possibilidades são quase infinitas. Basta selecionar as combinações que mais combinam com o seu estilo e personalidade!

Caso ainda tenha dúvidas após ler essas dicas, o Helper pode te ajudar! O app é destinado àqueles que procuram uma consultoria técnica eficaz (CTE) para construir, reformar, comprar terreno, alugar ou comprar apartamento, casa ou espaço comercial.

Assista as instruções aqui: https://youtu.be/poit9tgNlnE

E baixe o app pelos links: IOS (https://goo.gl/5Iv14n) e Android (https://goo.gl/oFdfRq)

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *